quinta-feira, 3 de maio de 2007

O Gato e os Cortinados

Eu estava a pensar arranjar um gato. Ou melhor... Uma gata.

Afinal assim ficaria com 2 gatas em casa, coisa não fácil de se conseguir, sendo que uma andaria nas suas 4 patas.

Ora, como recentemente comentei, agora tenho cortinados. Melhor ainda, cortinados em organza fininha, com linhas de linho entrelaçadas no meio.

Quais serão as possibilidades de que os ditos consigam sobreviver a uma bichinha, que será por natureza curiosa e terá garras afiadas, quando me parece que se eu espirrar com muita força eles ainda se desintegram?

(Traumatizante isto dos cortinados!)

Será que se tornou impossível ter as minhas duas gatas, ou simplesmente se tornou impossível ter duas gatas FELIZES...?

4 comentários:

lowendziz disse...

amigo, não te metas nisso.... acredita...

Atractor Estranho disse...

Xefe,

Mas é que gata era fixe.

Bicho inteligente e autosuficiente... Mesmo o que seria ideal.

Claro que qd os cortinados forem À vida arriscava as consequências de ter tido a ideia da gata... (Mesmo se ja se tinha dicutido a ideia antes dos cortinados chegarem...)

Traumático master, traumático...

Catarina disse...

Pois se já tinham falado da gata antes dos cortinados, acho que ainda tens hipótese.:)
É veres novamente com a gata maior e ver o que ela acha. :)

Nica disse...

Sei que o meu conselho já vai um bocadito atrasado mas que tal arranjares a gata e manteres a porta da sala fechada quando não está ninguém em casa?É o que faço para o meu gato não arranhar os sofás...
Fiquei feliz por saber que já tens trabalho e que está tudo a correr bem.
Beijocas